sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Entrevista

O convidado desta semana é

Spencer Junior


Professor universitário graduado em Psicologia Clínica e Relações Públicas. Mestre em Psicologia Clínica e Doutor em Neuropsiquiatria. Escritor de livros e artigos científicos em Periódicos nacionais e internacionais. Spencer é expositor espírita desde os 19 anos e tem realizado palestras em todo o Brasil e no exterior.

Principais livros publicados:
  • O Jardim da Sabedoria;
  • Grãos de Mostarda - Uma abordagem psicológica do Evangelho;
  • Conchas do Mar - Para ouvir a voz interior;
  • Na Rota do Sol;
  • O Ponto de Integração;
  • Na Trilha dos Girassóis;
  • Razão Imperfeita - Uma dialética para a ordem e o caos do existir humano.


  
Contato:




*      *      *


EspiritualMente - Como você conheceu o Espiritismo? O que mais atraiu você nessa Doutrina?

Spencer - Conheci por iniciativa própria como resultado de uma busca espiritual que empreendi ardorosamente aos 17 anos de idade. Uma proposta de racionalização da fé foi o ponto mais atrativo.


EspiritualMente - De um modo geral, como você vê na atualidade os trabalhos assistenciais e mediúnicos realizados pelas casas espíritas? Quais pontos é preciso melhorar?

Spencer - Vejo de modo muito crítico. Os trabalhos assistenciais estão superados, dentro de novas perspectivas da assistência social. Há um reforçamento da acomodação e lassidão dos assistidos. Falta uma orientação que gere também o benefício do desenvolvimento pessoal e profissional. O que ocorre é um endossamento da fraqueza humana quanto às suas obrigações com o trabalho que edifica. As sessões mediúnicas, em grande maioria, são catastróficas. O que se percebe é o abuso do animismo em detrimento do fenômeno mediúnico. Penso que houve uma banalização da mediunidade. O fenômeno mediúnico, para mim, é raro, portanto, deve ser tratado com maior critério analítico.


EspiritualMente - Qual sua avaliação sobre a divulgação da Doutrina realizada pelo movimento espírita nos dias atuais?

Spencer - Muito falha, porque tendenciosa. Se explora muito mais a espetacularidade. Além disto, à guisa de "pureza doutrinária", o que não existe, pois todo saber é híbrido, não se articula o pensamento espírita com outros conhecimentos, a não ser manipulando-os a favor da corroboração dos postulados espíritas. Percebo que não há imparcialidade. Ciência é pesquisa imparcial que dialetiza o saber instituído. O saber que não sofre riscos de desfazimento de suas premissas não evolui. O que temos são teses e a ciência opera com hipóteses. Somente superando este atavismo dos saberes de origem de revelações metafísicas é que faremos uma divulgação qualificada alcançando as lideranças das ciências.


EspiritualMente - Como psicólogo e pesquisador, você acha que o Espiritismo está precisando mais da psicologia ou é a psicologia que está precisando mais do Espiritismo?

Spencer - A Psicologia prescinde do Espiritismo. Pois seu método de estudo tem um objeto delineável. Epistemologicamente e metodologicamente não compatibiliza com o Espiritismo a não ser na proposta do comportamento ético e do bem-estar psicológico que preconiza. O Espiritismo precisa de todas as ciências, caso contrário, não sobreviverá. O futuro do Espiritismo está ameaçado por se configurar como mais uma religião. Todo o seu formato hoje é para ser uma religião. Somente ao contato, em constante atualização com as ciências, o Espiritismo poderá alcançar seu desiderato. A recomendação kardequiana de seguir a ciência quando o Espiritismo estiver errado num ponto, nunca ocorreu. Temos medo de mudar nosso comportamento de cega reverência e de confrontar com a Doutrina. Esse seria o maior bem ao Espiritismo: superar os inúmeros pontos que já se encontram em dissonância com as ciências, dentre elas a Psicologia.    


EspiritualMente - Há pessoas que passam por grandes complexos, dificuldades e traumas, todavia conseguem manter uma serenidade mental estável e harmônica. Já outras, por qualquer situação um pouco mais constrangedora e delicada, conseguem se abalar psicologicamente, podendo chegar até mesmo a desenvolver certos distúrbios mentais. Pode se afirmar que a herança genética é fator preponderante ou existe uma predisposição espiritual para certos transtornos mentais como por exemplo a esquizofrenia? 

Spencer - Temos que pensar a pessoa na perspectiva integral: Biopsicossocial e espiritualmente. Todos aspectos levantados participam dos transtornos, variando de pessoa a pessoa a dominância dos respectivos aspectos.


EspiritualMente - Existe um livro chamado "Alzheimer - A Doença da Alma" da escritora Laura Botelho. Apesar de várias hipóteses, as causas dessa enfermidade ainda são desconhecidas. Podemos dizer que esta doença possui um forte componente espiritual?

Spencer - Ainda é muito cedo afirmar isto. À luz da ciência, não. À luz da Doutrina é presumível.


EspiritualMente - É difícil ser espírita nos agitados e estressados dias de hoje? Qual o maior desafio?

Spencer - Como a todo ser humano, sim. Um dos desafios é ter a coragem de superar as suas crenças, mesmo quando estas lhe custaram um alto preço de verdade absoluta e construir uma nova engenharia de pensar o mundo de modo ressignificantemente.


EspiritualMente - Que atitudes simples você recomendaria para que uma pessoa possa manter uma boa saúde mental? 

Spencer - Realização do seu bem-estar físico, social, psicológico e financeiro.


EspiritualMente - Quais suas perspectivas sobre a atualidade e o futuro do Brasil e do mundo? Você acha que o nosso país está no rumo certo? 

Spencer - O país não avançará nos próximos 20 anos devido ao nosso déficit infraestrutural. Não houve investimentos algum, de modo significativo, na educação, tecnologia e ciência. Amarguraremos a condição de ser um belo país para os estrangeiros tirarem suas férias paradisíacas e nós, os brasileiros, termos um desorganizado país com péssimas condições de vida. O mundo, dependendo do país, não mudará muito nos próximos 20 anos. Quem já pegou o trem como Dinamarca, Japão, Holanda, Alemanha, Inglaterra, Finlândia, Suécia e outros, aumentarão seu IDH. Os demais permanecerão nas conhecidas condições com apenas algumas oscilações para pior e para melhor, mas sem estabilidade. 


EspiritualMente - Que mensagem você deixa para os colaboradores, seguidores e visitantes do nosso projeto? 

Spencer - Precisamos, urgentemente, ousar em fazer um novo movimento. Ousar pensar, ousar navegar, ousar em "revoluir" para poder evoluir.

*      *      *

O projeto EspiritualMente agradece Spencer Junior pela gentileza em ter concedido esta interessante e reflexiva entrevista!    


Um comentário:

  1. Parabéns!! Mais uma entrevista maravilhosa de quem tem pleno saber de suas convicções. Abraços

    ResponderExcluir

Sugestões, críticas ou elogios! Fique à vontade!