sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Coluna Vida além da Vida: Desencarnes com acidentes

Texto de Nilton Moreira no blog EspiritualMente

       Segundo informações publicadas nos mais diversos veículos de comunicação, no recente feriado de Natal, foram registradas 79 mortes em razão de acidentes de trânsito. Isto só nas rodovias federais do Brasil, pois se formos contabilizar os desencarnes acontecidos nas demais rodovias, incluindo os perímetros urbanos das cidades, somados ao feriado de Ano Novo, as vítimas passarão de 200.


       É verdade que o passamento de todos nós é uma realidade que temos de enfrentar, afinal este momento chega para todos, mas muitas vezes pela imprudência, negligência ou imperícia damos causa para que isso aconteça.


         Para quem parte, dependendo de como viveu na Terra, não influi a maneira como aconteceu, mas para quem fica é bem traumático ver seu ente querido partir violentamente, quando poderia desencarnar em condição de menos sofrimento.


        É lamentável que exista tanta irresponsabilidade por parte de motoristas que ainda insistem em dirigir em velocidade fora dos limites de segurança, ou sob efeito de bebida alcoólica, drogas, não só colocando em risco sua vida, mas sendo responsável por ceifar a trajetória reencarnatória daqueles que perecem. Sujam as mãos de sangue como se diz popularmente. Certamente, esses são os causadores dos "escândalos" mencionados por Jesus, e terão uma triste chegada quando forem para o Plano Espiritual, pois terão de prestar contas e com certeza resgatarem as irresponsabilidades cometidas.


        Muito se avançou na legislação de trânsito, mas o dirigir se faz necessário um salto na moralidade de cada um, para que desperte o senso de responsabilidade. Desencarnam mais pessoas em feriadões do que em alguns locais onde existe guerra. Isso é inadmissível!


        Deus permite que tais desgraças aconteçam, pois ainda vivemos num planeta de categoria onde predomina o mal e, sendo assim, como explicado na literatura, o mal não precisaria existir, mas ele é uma consequência da falta do bem.


         Façamos a nossa parte com responsabilidade, seja no trânsito ou em qualquer outra atividade, e estejamos certos de que contribuiremos para a melhoria da aura planetária, carreando evolução e certamente teremos uma vida melhor e um retorno à espiritualidade com menos violência, amparados pelos benfeitores espirituais, mensageiros do Mestre.


Nilton Moreira no blog EspiritualMente


Um comentário:

  1. Sim,o ser humano ainda é muito irresponsavel no se refere ao transito...muitos acidentes por imprudencia...triste realidade...muito bom este artigo

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo comentário!