segunda-feira, 19 de março de 2018

Coluna Vida além da Vida: Eternos pedintes

Texto de Nilton Moreira no blog EspiritualMente

Sempre me lembro de uma irmã que dedicava o possível tempo disponível a uma Casa de Oração, numa pequena cidade interiorana. A mencionada irmã sempre que proferia a prece de encerramento da doutrinária da Casa dizia a frase "e como eternos pedintes que somos...". De fato, pedimos muito a Deus e muitas vezes nem sabemos ao certo se o que pedimos é realmente o que desejamos, pois logo ali mudamos nossos anseios ou pensamentos e fazemos nova solicitação ao Altíssimo. Esquecemos pelo menos retificar o pedido anterior, agindo como crianças que só sabem pedir.

O pedido ao Criador é necessário, pois assim exercitamos a grande virtude que é a humildade, e com isso, a escória dos sentimentos que é o orgulho é desfeita. Mas Chico Xavier em uma de suas obras lembra que é necessário pedir, saber pedir e agradecer, pois quando agradecemos também demonstramos humildade. O Mestre Chico diz ainda que quem não sabe pedir, não merece receber.

A questão do saber pedir e do merecer ganhar está relacionada ao tipo de pedido que fazemos ao Pai, pois quando em nosso pedido está incluso questões não relevantes ou mera satisfação de nossos caprichos, certamente não seremos atendidos. Muitas vezes, também acontece que nossa solicitação mais adiante nos causará dano ou talvez não contribua para nosso crescimento como espíritos eternos que somos, ou que poderá ensejar prejuízo a outrem, então o Criador deixa de nos atender ou nos proporciona outra maneira de nos auxiliar nas nossas ansiedades.

Nunca devemos esquecer que Deus é bom, eterno, mas também é justo, e neste sentido muitas vezes o caminho ao qual enveredamos não é o ideal para nossa evolução, daí os pedidos não serem aceitos.

Mas mesmo que sejamos até aqui eternos pedintes como sempre falava a irmã querida, devemos mudar nosso comportamento mental e lembrarmos então de agradecer, afinal mesmo que tenhamos uma vida atribulada, temos mais motivos para agradecer do que pedir. Podemos agradecer, por exemplo, todos os dias, a oportunidade de estarmos reencarnados na Terra!

Mostremos mais segurança nas nossas atitudes e certamente de antemão receberemos o auxílio do Mundo Maior.

Chico Xavier também sempre falava que, muitas vezes antes mesmo de pedirmos socorro a Deus, a espiritualidade já estava a caminho para nos auxiliar, afinal, o Pai tudo enxerga e não deixa nenhum dos filhos sem amparo.

Desenvolvamos mais a fé e certamente nossa vida será menos atribulada, já que estamos num mundo de categoria difícil.

Nilton Moreira no blog EspiritualMente



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pelo comentário!