quarta-feira, 11 de março de 2020

Estreita ou larga

Texto de Nilton Moreira no Blog EspiritualMente

Claro que a maioria das pessoas prefere a porta larga ao invés da estreita, exemplificada por Jesus quando esteve aqui entre nós trazendo a mensagem do Plano Cristão.

Sem dúvida, enveredando pela porta larga, a vida fica mais fácil de ser vivida, mas, ao mesmo tempo, deixamos de observar grande parte dos valores morais. Também por esta porta, não necessitamos de sacrifícios para conseguir galgar degraus no poder, parecendo que a vida nos apresenta realizações maiores.

Mas de que vale optarmos por uma porta larga agora e depois, ao revermos nossas vidas por ocasião da nossa chegada à espiritualidade, vermos que todos os entraves que nos foram colocados, dirigindo-nos à porta estreita, eram na verdade para o nosso crescimento e, no entanto, optamos pela larga que só nos causou tristeza e arrependimento?

Temos uma péssima ideia de que a vida aqui na Terra é só para ser aproveitada materialmente e que o valor das pessoas está no dinheiro e no poder. Enganamo-nos. Não levaremos o dinheiro para a outra vida, a fortuna que possamos ter aqui será dissipada por ocasião da partilha dos bens com os herdeiros e o poder na maioria das vezes é passageiro aqui neste mundo.

Devemos, logicamente, usufruir dos bens materiais conquistados, mas nunca ficarmos atrelados psiquicamente, pois isso só causará angústia na vida além-túmulo, mesmo para os que não acreditam que a vida continua.

A porta larga representa todas as perdições, os caminhos que enveredamos para as facilidades, os desvarios, o menosprezo pelo irmão que caminha com dificuldade na vida e, muitas vezes, não lhe damos uma oportunidade de melhoria.

A porta estreita pode parecer difícil de atravessá-la, mas os benfeitores, mensageiros do Cristo, nunca nos deixam desamparados e, certamente, após vencermos as dificuldades, vamos ter o sentimento de dever cumprido.

Que possamos sempre ter discernimento ao nos depararmos com ambas as portas, para que nossa bagagem de conhecimentos seja farta de boas atitudes quando daqui partirmos.

Realizações a todos!

Nilton Moreira



Para ler outros textos de Nilton, clique aqui!



quinta-feira, 5 de março de 2020

Beleza oculta

Sugestão de filme do Blog EspiritualMente

Ano: 2017

Gênero: Drama

Nacionalidade: EUA

Direção: David Frankel

Com: Will Smith, Kate Winslet, Edward Norton, Helen Mirren, Keira Knightley

Sinopse: Após uma tragédia pessoal, Howard (Will Smith), um bem sucedido publicitário, entra em depressão e passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor, algo que preocupa seus amigos. Mas, o que parece impossível, torna-se realidade quando essas três partes do Universo decidem entrar em contato. Logo, a Morte, o Tempo e o Amor vão tentar ensinar o valor da vida para o protagonista.




Comentário EspiritualMente
 
Um filme simplesmente excelente, reflexivo, com um bom roteiro e bons atores. Possui um final surpreendente. Aborda temas como perda de entes amados, depressão, amor, amizade, dentre outros. Sua grande mensagem é como o indivíduo pode lidar ou superar os grandes problemas que afetam sua existência, principalmente no âmbito familiar. Vale a pena assistir e se emocionar!




sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Quanto custa?

Texto de Almir Paes no Blog EspiritualMente

Quanto custa a confiança? E uma amizade verdadeira?

Quanto custa um abraço? E uma palavra amiga?

Quanto custa a atenção?

Quanto custa o tempo despendido das nossas vidas?

Num mundo tecnológico, materialista, onde se compra quase tudo, as nuances do sentimento não são compradas, são conquistadas com o hábito de fazer o bem, com a educação do sentimento e com o tempo da maturidade do senso moral.

Os bens não materiais são adquiridos com o tempo, com a experiência, os usos e costumes diversificados. São conquistas adquiridas com a história de vida de cada um: tristezas, alegrias, perdas e ganhos, sucessos e fracassos.

O custo de uma vida é o tempo que você gasta aprendendo a gostar de fazer o bem, a conviver com as pessoas, ensinando e aprendendo com elas.

Cada bem material comprado custou um tempo de vida de cada um. Precisamos rever nossos conceitos sobre eles. Logicamente precisamos deles, mas não podemos nos render a eles. Não somos proprietários de nada, mas não podemos ser propriedade de ninguém.

Os bens materiais são úteis e necessários. Custam tempo, vida, experiência e capacitação.

Os bens espirituais são necessários para a integração e a felicidade do ser.

Pensemos nisso!

Almir Paes
O Cronista da Alma



Para ler outros textos de Almir, clique aqui!




quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Tudo que acontece de ruim é para melhorar - Paulinho Moska




É tão difícil a gente caminhar
Quando uma estrada não está mais lá
E ter que construir o próprio chão
Com as incertezas que tiver

Em cada curva pra lá e pra cá
Qualquer desvio pode transformar
A ponta de um universo em explosão
Coisas pr'um futuro que vier

E tudo que foi dor um dia
Noutro dia será dia de continuar
Caminhando sob o sol
Até o amor se reinventar

Vida que a gente aprende
Tudo que acontece de ruim é para melhorar
Tudo que acontece de ruim é para melhorar



quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Comunicado do EspiritualMente

Prezados(as) Irmãos(ãs)!

Há 03 anos que o Blog EspiritualMente vem trazendo um conteúdo inovador na divulgação da nossa querida Doutrina Espírita.

Em nosso humilde currículo, já realizamos mais de 40 entrevistas, publicamos dezenas de artigos e mensagens, divulgamos várias notícias e eventos espíritas e ofertamos várias sugestões de filmes, músicas e livros. Sem dúvida, podemos afirmar que já temos um significativo material para consultas e pesquisas.

Além disso, até a presente data, tivemos quase 40 mil acessos e já fomos citados e prestigiados por centenas de pessoas em diversas regiões do Brasil e do mundo.

Agradecemos muito a Deus por esses resultados alcançados, por termos sido úteis, em algum momento, a alguma pessoa.

Porém, devido a alguns problemas particulares e a diversos compromissos, infelizmente, não temos conseguido postar novas publicações em nosso Blog.

Isto não quer dizer que este projeto ficará abandonado na internet ou sairá do ar.

O EspiritualMente continuará ativo, porém, nossas publicações serão mais esporádicas, pelo menos enquanto durar essa fase mais turbulenta. 

Pedimos a compreensão de todos vocês, colaboradores, seguidores e visitantes!

Essa fase vai passar!

Abraço fraterno a todos(as)!